sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Futsal Sergipano: Glória castiga Sergipe por 6 a 0 e garante vaga na semifinal do Estadual

Nem mesmo o mais otimista torcedor de Nossa Senhora da Glória imaginou uma vitória tão fácil sobre os atuais campeões do Estado na casa do adversário. O time do interior venceu por 6 a 0 no Ginásio do Sesi de Socorro. E olha que só precisava de um empate para avança às semifinais do segundo turno do Campeonato Sergipano.

Glória vence Sergipe por 6 a 0 (Foto: João Áquila / GLOBOESPORTE.COM)
Glória venceu o Sergipe por 6 a 0 (Foto: João Áquila / GLOBOESPORTE.COM)
 
Contra-ataque eficiente
Precisando apenas de empate para avançar, o Glória preferiu esperar o Sergipe em sua quadra. Sua estratégia deu certo logo no início da partida. Em menos de três minutos conseguiu dois chutes fatais ao gol de Andriel. Primeiro com Luciano, o artilheiro do Campeonato recebeu passe perfeito de Daniel e abriu o placar. No contra-ataque seguinte, Maycon driblou o arqueiro e ampliou.
Muito irritado, o técnico Osvaldo Mendonça pediu imediatamente o tempo técnico, que não adiantou de nada. O time errou muitos passes. O terceiro gol era questão de tempo e ele saiu dos pés de Ricley, após emendar chute cruzado de Açúcar.

Glória vence Sergipe por 6 a 0 (Foto: João Áquila / GLOBOESPORTE.COM)
Érick fez grandes defesas para o Glória Futsal
(Foto: João Áquila / GLOBOESPORTE.COM)
 
Após o terceiro gol, o Sergipe conseguiu colocar o goleiro Érick no jogo. Akes acertou um forte chute, mas o defensor estava atento. David acertou um belo chute, mas ele foi mais feliz e mandou para escanteio. Na cobrança ele achou Akes, que emendou um torpedo de primeira, nas mãos do arqueiro.
luciano do glória futsal (Foto: João Áquila / GLOBOESPORTE.COM)
Luciano manteve média de dois gols
(Foto: João Áquila / GLOBOESPORTE.COM)
 
Na etapa final o Sergipe voltou um pouco melhor. Já no primeiro minuto Érick foi obrigado a fazer um milagre no chute a queima-roupa de Dieguinho. David encontrou uma avenida pelo lado esquerdo, mas mandou para fora. Pela direita, Akes conseguiu passar pelos marcadores, mas não pelo goleiro gloriense.
O quarto gol do Glória foi do mesmo jeito que os outros: em contra-ataque. Daniel recebeu entre dois marcadores e marcou na saída de Andriel. Osvaldo Mendonça colocou Thyago como goleiro linha e mais uma vez sua investida não deu certo. O jogador falhou ao tentar defender um lançamento de Érick e Açúcar não perdoou.

Com tanta facilidade, o artilheiro do Campeonato Sergipano de Futsal, Luciano, resolveu manter sua média de dois gols por partida. Após bola roubada, ele viu Thyago longe do gol e mandou tiro certeiro para fechar o caixão do Sergipe e chegar aos 20 tentos no certame.

Nos outros confrontos:
Real/Confianaça 7x1 Socorrense
Itaporanga 5x2
Lagarto 8x1 Força Jovem

Por: globoesporte.com/se

Nenhum comentário: