segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Campanha Futsal sangue bom é lançada em Sergipe

Marcos Pita preparador físico de Moita Bonita

Começou na segunda-feira, dia 14, uma inédita campanha de doação de sangue que envolve jogadores, técnicos, árbitros e dirigentes do futsal sergipano. O objetivo é aumentar o estoque de sangue na semana do Pré-Caju, considerada uma época crítica no estado.  A campanha, batizada ?futsal sangue bom?, é uma ação social da Federação Sergipana de Futsal (FSFS) e termina na sexta-feira, dia 20.
 
O primeiro jogador de futsal a doar sangue foi o fixo Pita de Lagarto. O atleta disse que é doador há muitos anos e espera ter contribuído mais uma vez.
 
Quem também compareceu ao Hemose, em Aracaju, foi o preparador físico de Moita Bonita, Marcos Pitter. ?Também sou doador de sangue. Costumo doar de três em três meses e dessa vez não foi diferente. Vou convidar os atletas e comissão técnica de Moita Bonita para também colaborar com a campanha?, falou.
 
O árbitro de futsal, Jailson Santos, representou a turma do apito no primeiro dia da campanha. ?Quando fiquei sabendo do projeto não hesitei. Liguei para o presidente para combinar o horário e fui um dos primeiros a chegar. Doar sangue é um gesto de solidariedade. Compartilhe?, comentou.
 
Manuel Cruz, presidente da FSFS e idealizador da campanha, disse ter ficado satisfeito neste primeiro dia do projeto ?futsal sangue bom?. ?Espero que a comunidade do futsal possa vir prestar este ato de solidariedade com o próximo. Acredito que se cada um fizer a sua parte, o risco de faltar sangue neste período de festa será bem menor", disse Manuel Cruz.

Nenhum comentário: