quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Pivô da confusão entre torcedores do Lagarto e do Real Moitense na final do Campeonato Sergipano de Futsal, o fixo Hiltinho negou que tenha provocado os alviverdes na comemoração do segundo gol da equipe de Moita. No lance, ele se dirigiu até a sua torcida, quando parou de comemorar em frente aos lagartenses.
Com o incidente, os árbitros tiveram dificuldades em dar continuidade a partida e interromperam a decisão faltando 15 minutos e 27 segundos para o fim. Expulso, Hiltinho não poderá mais entrar em quadra, caso tenha a continuação do jogo.

- Consegui fazer dois gols e ajudar minha equipe, estávamos muito próximos do título e em nenhum momento procurei confusão. Todos sabem que sou de fugir de briga. No lance, estava indo em direção à minha torcida e jogaram um copo de cerveja em mim, parei e fiquei olhando para o torcedor. Não creio que isto foi suficiente para iniciar uma briga. A gente (Real Moitense) vem sendo provocado e agredido em todos os jogos contra o Lagarto, acredito que eles já estavam preparados para brigar - disse Hiltinho.

Real Moitense x Lagarto - Final do Sergipano (Foto: João Áquila / GLOBOESPORTE.COM) 
Hiltinho para diante da torcida do Lagarto (Foto: João Áquila / GLOBOESPORTE.COM)

- Infelizmente jogaram a culpa em mim, mas não acho que sou o responsável. A arbitragem me prejudicou ao me expulsar, eu não fiz nada contra os torcedores, só fiquei parado por conta da agressão que eles fizeram. Agora, todos saíram prejudicados, pois não conhecemos ainda o campeão estadual e eu não posso ajudar mais o meu time - finalizou.

Fonte: GLOBOESPORTE.COM/SE)

Nenhum comentário: